Whats: (11) 9 9191 6085

VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Terapias / Mamãe e o sentido da vida
Mamãe e o sentido da vida

Livro: Mamãe e o sentido da vida

Autor - Fonte: Irvin D. Yalom

Ir para a página:

...Crepúsculo. Talvez eu esteja morrendo. Formas sinistras cercam minha cama: monitores cardíacos, tubos de oxigênio, frascos de soluções intravenosas, espirais de tubos plásticos — as entranhas da morte. Fechando os olhos, mergulho na escuridão. Em seguida, entretanto, pulo da cama, saio correndo do quarto de hospital e caio bem no meio do brilhante e ensolarado parque de diversões Glen Echo, onde passei muitos domingos de verão em décadas passadas. Ouço música de carrossel. Respiro a fragrância úmida e caramelada de pipoca e maçãs do amor. E ando direto para a frente — sem titubear no estande da Torta Gelada do Urso Polar, na montanha-russa dupla ou na roda-gigante — para tomar meu lugar na fila dos bilhetes para o trem fantasma. Comprado o bilhete, espero o carrinho seguinte fazer a curva e parar num solavanco à minha frente. Depois de entrar e abaixar a barra de segurança, para me prender confortavelmente no assento, dou uma última olhada ao redor — e lá, em meio a um pequeno grupo de pessoas, eu a vejo. Aceno com os dois braços e chamo, alto o bastante para todo mundo ouvir: "Mamãe! Mamãe!" Nesse exato momento, o carrinho arranca e bate na porta dupla, que se abre num vaivém e revela a boca negra escancarada. Inclino-me para trás o máximo que posso e, antes de ser engolido pela escuridão, chamo novamente: Histórias de psicoterapia Irvin D. Yalom TRADUÇÃO Lúcia Ribeiro da Silva 1ª reimpressão...
ítulo original Momma and the Meaning of Life Copyright © 1999 Irvin D. Yalom. Copyright do posfácio © 2000 Irvin D. Yalom Todos os direitos reservados a Irvin D. Yalom representado por William Morris Agency, LCC. As pessoas e as situações dos capítulos 1, 2, 3 e 4 ("Mamãe e o sentido da vida", "Viagens corn Paula", "Consolo sulista" e "Sete lições avançadas na terapia do luto") baseiam-se em fatos reais, mas os nomes, os traços e as circunstâncias foram modificados. O capítulo 3, "Consolo sulista`` baseia-se em acontecimentos verdadeiros, mas os detalhes dos personagens e das situações foram modificados. Os capítulos 5 e 6 ("Dupla revelação" e"A maldição do gato húngaro") são ficcionais, e qualquer semelhança dos personagens com pessoas reais, vivas ou mortas, é mera coincidência. O excerto de "Musée des Beaux Arts" foi extraído de W. H. Auden: Collected Poems, de W. H. Auden, organizado por Edward Mendelson. Copyright © 1940, renovado em 1968 por W. H. Auden. Reproduzido com autorização da Random House, Inc. O excerto de "Pack Up Your Sorrows" vem do texto de Richard Farina e Pauline Marden Bryan. Copyright © 1964 Songs of PolyGram International, Inc. Copyright renovado. Utilizado com autorização. Todos os direitos reservados. Os excertos dos poemas de Robert Frost foram extraídos de "Come In" e"Home Burial", in The Poetry of Robert Frost, organizado por Edward Conney Lathem, © 1942, © 1958 de Robert Frost. © 1967, 1970 de Lesley Frost Ballantine. ©1930,1939, © 1969 de Henry Holt and Company, LLC. Reproduzidos com autorização de Henry Holt & Co., LLC. Capa: Letra e Imagem Foto da capa: Photonica/Wide Images Copidesque: Cristiane Pacanowski Revisão: Taís Monteiro e Damião Nascimento Produção editorial: Maira Alves CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ. ________________________________________ Y17m Yalom, Irvin D., 1931- Mamãe e o sentido da vida: histórias de psicoterapia / Irvin D. Yalom; tradução Lucia Ribeiro da Silva. - Rio de Janeiro: Agir, 2008. Tradução de: Momma and the Meaning of Life ISBN 978-85-220-0921-3 1. Psicoterapia - Estudo de casos - Ficção. I. Silva, Lucia Ribeiro da. II. Titulo. 08-0108. CDD 813 CDU 821.111(73)-3 ________________________________________ Todos os direitos reservados à Agir Editora Ltda. - uma empresa Ediouro Publicações S.A. Rua Nova Jerusalém, 345 - Bonsucesso Rio de Janeiro - RJ - CEP 21042-235 Tel: (21) 3882-8200 Fax: (21) 3882-8212 / 3882-8313 www.ediouro.com.br Para Saul Spiro, psiquiatra, poeta, artista. Com minha gratidão por nossos quarenta anos de amizade — quarenta anos compartilhando a vida, os livros, a aventura criativa e o inabalável ceticismo quanto ao sentido dessa porcaria toda. Sumário ________________________________________ Agradecimentos CAPÍTULO 1: Mamãe e o sentido da vida CAPÍTULO 2: Viagens com...
ley Frost Ballantine. ©1930,1939, © 1969 de Henry Holt and Company, LLC. Reproduzidos com autorização de Henry Holt & Co., LLC. Capa: Letra e Imagem Foto da capa: Photonica/Wide Images Copidesque: Cristiane Pacanowski Revisão: Taís Monteiro e Damião Nascimento Produção editorial: Maira Alves CIP-BRASIL. CATALOGAÇÃO-NA-FONTE SINDICATO NACIONAL DOS EDITORES DE LIVROS, RJ. ________________________________________ Y17m Yalom, Irvin D., 1931- Mamãe e o sentido da vida: histórias de psicoterapia / Irvin D. Yalom; tradução Lucia Ribeiro da Silva. - Rio de Janeiro: Agir, 2008. Tradução de: Momma and the Meaning of Life ISBN 978-85-220-0921-3 1. Psicoterapia - Estudo de casos - Ficção. I. Silva, Lucia Ribeiro da. II. Titulo. 08-0108. CDD 813 CDU 821.111(73)-3 ________________________________________ Todos os direitos reservados à Agir Editora Ltda. - uma empresa Ediouro Publicações S.A. Rua Nova Jerusalém, 345 - Bonsucesso Rio de Janeiro - RJ - CEP 21042-235 Tel: (21) 3882-8200 Fax: (21) 3882-8212 / 3882-8313 www.ediouro.com.br Para Saul Spiro, psiquiatra, poeta, artista. Com minha gratidão por nossos quarenta anos de amizade — quarenta anos compartilhando a vida, os livros, a aventura criativa e o inabalável ceticismo quanto ao sentido dessa porcaria toda. Sumário ________________________________________ Agradecimentos CAPÍTULO 1: Mamãe e o sentido da vida CAPÍTULO 2: Viagens com Paula CAPÍTULO 3: Consolo sulista CAPÍTULO 4: Sete lições avançadas na terapia do luto CAPÍTULO 5: Dupla revelação CAPÍTULO 6: A maldição do gato húngaro Posfácio Nota do autor Agradecimentos ________________________________________ Meus agradecimentos a todos os que leram, deram sugestões ou contribuíram de maneira proveitosa para a forma final deste manuscrito: Sara Lippincott, David Spiegel, David Vann, Jo Ann Miller, Murray Bilmes, Ann Arvin, Ben Yalom, Bob Berger, Richard Fumosa, e minha irmã, Jean Rose. Como sempre, sou carinhosamente grato a minha mulher, Marilyn Yalom, por muito mais do que eu saberia dizer. E grato também a minha editora, Phoebe Hoss, que, neste trabalho e em tantos outros livros, me instigou implacavelmente a escrever com o máximo de minha capacidade. CAPÍTULO 1 ________________________________________ Mamãe e o sentido da vida Crepúsculo. Talvez eu esteja morrendo. Formas sinistras cercam minha cama: monitores cardíacos, tubos de oxigênio, frascos de soluções intravenosas, espirais de tubos plásticos — as entranhas da morte. Fechando os olhos, mergulho na escuridão. Em seguida, entretanto, pulo da cama, saio correndo do quarto de hospital e caio bem no meio do brilhante e ensolarado parque de diversões Glen Echo, onde passei muitos domingos de verão em décadas passadas. Ouço música de carrossel. Respiro a fragrância úmida e caramelada de pipoca e maçãs do amor. E ando direto...
Paula CAPÍTULO 3: Consolo sulista CAPÍTULO 4: Sete lições avançadas na terapia do luto CAPÍTULO 5: Dupla revelação CAPÍTULO 6: A maldição do gato húngaro Posfácio Nota do autor Agradecimentos ________________________________________ Meus agradecimentos a todos os que leram, deram sugestões ou contribuíram de maneira proveitosa para a forma final deste manuscrito: Sara Lippincott, David Spiegel, David Vann, Jo Ann Miller, Murray Bilmes, Ann Arvin, Ben Yalom, Bob Berger, Richard Fumosa, e minha irmã, Jean Rose. Como sempre, sou carinhosamente grato a minha mulher, Marilyn Yalom, por muito mais do que eu saberia dizer. E grato também a minha editora, Phoebe Hoss, que, neste trabalho e em tantos outros livros, me instigou implacavelmente a escrever com o máximo de minha capacidade. CAPÍTULO 1 ________________________________________ Mamãe e o sentido da vida Crepúsculo. Talvez eu esteja morrendo. Formas sinistras cercam minha cama: monitores cardíacos, tubos de oxigênio, frascos de soluções intravenosas, espirais de tubos plásticos — as entranhas da morte. Fechando os olhos, mergulho na escuridão. Em seguida, entretanto, pulo da cama, saio correndo do quarto de hospital e caio bem no meio do brilhante e ensolarado parque de diversões Glen Echo, onde passei muitos domingos de verão em décadas passadas. Ouço música de carrossel. Respiro a fragrância úmida e caramelada de pipoca e maçãs do amor. E ando direto...

Ir para a página:

WhatsApp: (11) 9 9191 6085
Busca Google