Whats: (11) 9 9191 6085

VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Espíritas / A maldição da Ilusão
A maldição da Ilusão

Livro: A maldição da Ilusão

Autor - Fonte: Jorge Linhares

Ir para a página:

...Jorge Linhares A MALDIÇÃO DA ILUSÃO Segunda edição – 2002 Revisão e estilização: Rita Leite (31)3495-1923 Editora Getsêmani Ltda. Rua Leopoldina Cardoso, 326 Bairro Dona Clara 31260-240 Belo Horizonte, MG Contato pelo telefax: (0xx31) 3491-2266 0300-313-3266 Loja Virtual: www.editoragetsemani.com.br e-mail:editora@getsemani.com.br I. B. Getsêmani Rua Cassiano Campolina, 360 Dona Clara 31260-210 Belo Horizonte, MG (0xx31)3497-9145 Capa: Salvador Santana Glenda Linhares Índice Introdução 1. A Rebeldia de um Rei 2. A Força que Era Para Deus 3. Por Uma Noite de Prazer 4. Ser Uma Pessoa Livre Conclusão "Que aproveita ao homem ga¬nhar o mundo inteiro, se vier a perder-se ou a causar dano a si mesmo?" (Lucas 9.25.) Introdução "A bênção do Senhor enrique¬ce, e, com ela, ele não traz des¬gosto." (Provérbios 10.22.) É importante, em dias como os nossos, esclarecer o que é ilusão e o que é sonho. Precisamos alimentar nossos so¬nhos, buscar nossos objetivos. Mas temos de tomar cuidado para não sermos iludidos. O que é ilusão? O que é sonho? Ilusão é investir todo o potencial em algo que Deus não aprova. Sonho é idealizar algo, trabalhar em função daquilo e saber que é um propósito de Deus. A diferença entre sonho e ilusão é que Deus está...
frente do sonho. Já quem controla a ilusão é Satanás. É muito fácil sabermos se as nos¬sas conquistas são sonho ou ilusão. Se forem sonhos, nós melhoramos espiritualmente, chegamos mais per¬to do Senhor e de sua vontade para nossa vida. Contudo, se forem ilusões, nós pi¬oramos espiritualmente, e nos afastamos do Senhor. Se uma jovem, firme na igreja, par¬ticipante das atividades, por exemplo, do coral, começa a namorar, e tem um declínio na sua dedicação ao Senhor e à obra dele, pode terminar o namo¬ro, pois está caminhando na ilusão, um caminho que leva à destruição. Da mesma forma, aquele jovem que comprou uma moto, e agora seu coração está completamente dedica¬do a ela; até mesmo durante o culto se preocupa, com medo de ela ser roubada, pode vendê-la, pois está colocando-a no lugar de Deus. Um irmão que era assíduo na es¬cola dominical, nas visitas de evangelização e aconselhamento nos fi¬nais de semana, compra um sítio. Se os sábados e domingos são agora completamente dedicados a esse sí¬tio e não sobra tempo para a igreja, eu o aconselho a vendê-lo, pois está roubando o seu tempo, um tempo precioso que deveria estar sendo dedicado a Deus e à comunhão. O Senhor não nos dá nada que vá fazer com que nos afastemos dele, colocando a bênção em primeiro lu¬gar em nossa vida. Ele só nos dá aquilo que nos aproxima mais dele e de sua vontade. Satanás, porém, faz tudo para nos separar do Senhor. Ele tenta roubar a nossa comunhão com Deus. O dia¬bo faz isso desde o princípio. As Escrituras têm muitos exem¬plos de homens de Deus, que arriscaram o ministério e a própria vida por causa de uma ilusão, de um momento de prazer. Caminhemos juntos pela Bíblia, aprendendo com esses homens de Deus como é perigoso nos deixarmos levar pelas ilusões, pelo encanto de momentos de prazer, de orgulho, de auto - suficiência. E aprendamos também como é grande a misericórdia do Senhor, que nos perdoa e nos faz voltar ao cami¬nho dos sonhos, tirando-nos das tre¬vas da ilusão. 1 A Rebeldia de um Rei "Tinha Manasses doze anos de idade quando começou a reinar e cinqüenta e cinco anos reinou em Jerusalém. "Fez o que era mau perante o Senhor, segundo as abominações dos gentios que o Senhor expul¬sara de suas possessões, de di¬ante dos filhos de Israel. "Pois tornou a edificar os altos que Ezequias, seu pai, havia derribado, levantou altares aos baalins, e fez postes-ídolos, e se prostrou diante de todo o exérci¬to dos céus, e o serviu. "Edificou altares na Casa do Senhor, da qual o Senhor tinha dito: Em Jerusalém, porei o meu nome para sempre. "Também edificou altares a todo o exército dos céus nos dois átrios da Casa do Senhor, "queimou seus filhos como ofer¬ta no vale do filho de Hinom, adi¬vinhava pelas nuvens, era agoureiro, praticava feitiçarias, tratava com necromantes e feiti¬ceiros e prosseguiu em fazer o que era...
nossa comunhão com Deus. O dia¬bo faz isso desde o princípio. As Escrituras têm muitos exem¬plos de homens de Deus, que arriscaram o ministério e a própria vida por causa de uma ilusão, de um momento de prazer. Caminhemos juntos pela Bíblia, aprendendo com esses homens de Deus como é perigoso nos deixarmos levar pelas ilusões, pelo encanto de momentos de prazer, de orgulho, de auto - suficiência. E aprendamos também como é grande a misericórdia do Senhor, que nos perdoa e nos faz voltar ao cami¬nho dos sonhos, tirando-nos das tre¬vas da ilusão. 1 A Rebeldia de um Rei "Tinha Manasses doze anos de idade quando começou a reinar e cinqüenta e cinco anos reinou em Jerusalém. "Fez o que era mau perante o Senhor, segundo as abominações dos gentios que o Senhor expul¬sara de suas possessões, de di¬ante dos filhos de Israel. "Pois tornou a edificar os altos que Ezequias, seu pai, havia derribado, levantou altares aos baalins, e fez postes-ídolos, e se prostrou diante de todo o exérci¬to dos céus, e o serviu. "Edificou altares na Casa do Senhor, da qual o Senhor tinha dito: Em Jerusalém, porei o meu nome para sempre. "Também edificou altares a todo o exército dos céus nos dois átrios da Casa do Senhor, "queimou seus filhos como ofer¬ta no vale do filho de Hinom, adi¬vinhava pelas nuvens, era agoureiro, praticava feitiçarias, tratava com necromantes e feiti¬ceiros e prosseguiu em fazer o que era mau perante o Senhor, para o provocar à ira. "Também pôs a imagem de es¬cultura do ídolo que tinha feito na Casa de Deus, de que Deus dissera a Davi e a Salomão, seu filho: Nesta casa e em Jerusalém, que escolhi de todas as tribos de Israel, porei o meu nome para sempre "e não removerei mais o pé de Israel da terra que destinei a seus pais, contanto que tenham cui¬dado de fazer tudo o que lhes te¬nho mandado, toda a lei, os estatutos e os juízos dados por in¬termédio de Moisés. "Manasses fez errar a Judá e os moradores de Jerusalém, de maneira que fizeram pior do que as nações que o Senhor tinha des¬truído de diante dos filhos de Is¬rael." (2 Crônicas 33.1-9.) Manasses tinha doze anos de ida¬de quando começou a reinar em Je-rusalém. Seu pai, Ezequias, foi um homem temente a Deus: "Assim fez Ezequias em todo o Judá; fez o que era bom, reto e verdadeiro perante o Senhor, seu Deus. "Em toda a obra que começou no serviço da Casa de Deus, na lei e nos mandamentos, para buscar a seu Deus, de todo o co¬ração o fez e prosperou." (2 Crô¬nicas 31.20-21.) Contudo, Manasses não seguiu o caminho de seu pai. Talvez Manasses fosse revoltado contra seu pai e contra todo tipo de autoridade que dissesse respeito a Deus. Ele achava que as pessoas queri¬am dirigir sua vida, indicar-lhe o caminho a seguir. Como muitos jovens hoje, ele se irava quando os pais lhe davam con¬selhos: "Minha filha, não saia com uma roupa tão curta. Você não prec...
mau perante o Senhor, para o provocar à ira. "Também pôs a imagem de es¬cultura do ídolo que tinha feito na Casa de Deus, de que Deus dissera a Davi e a Salomão, seu filho: Nesta casa e em Jerusalém, que escolhi de todas as tribos de Israel, porei o meu nome para sempre "e não removerei mais o pé de Israel da terra que destinei a seus pais, contanto que tenham cui¬dado de fazer tudo o que lhes te¬nho mandado, toda a lei, os estatutos e os juízos dados por in¬termédio de Moisés. "Manasses fez errar a Judá e os moradores de Jerusalém, de maneira que fizeram pior do que as nações que o Senhor tinha des¬truído de diante dos filhos de Is¬rael." (2 Crônicas 33.1-9.) Manasses tinha doze anos de ida¬de quando começou a reinar em Je-rusalém. Seu pai, Ezequias, foi um homem temente a Deus: "Assim fez Ezequias em todo o Judá; fez o que era bom, reto e verdadeiro perante o Senhor, seu Deus. "Em toda a obra que começou no serviço da Casa de Deus, na lei e nos mandamentos, para buscar a seu Deus, de todo o co¬ração o fez e prosperou." (2 Crô¬nicas 31.20-21.) Contudo, Manasses não seguiu o caminho de seu pai. Talvez Manasses fosse revoltado contra seu pai e contra todo tipo de autoridade que dissesse respeito a Deus. Ele achava que as pessoas queri¬am dirigir sua vida, indicar-lhe o caminho a seguir. Como muitos jovens hoje, ele se irava quando os pais lhe davam con¬selhos: "Minha filha, não saia com uma roupa tão curta. Você não prec...

Ir para a página:

WhatsApp: (11) 9 9191 6085
Busca Google