Whats: (11) 991916085
Você está em: Página inicial / Matérias: / De Autoajuda / Nossas Crianças
Nossas Crianças

Matéria: Nossas Crianças

Autor - Fonte: Maria Cristina Tanajura
Indique esta página para um amigo

A tristeza profunda nos olhos de uma criança nos deixa chocados! Porque não se espera isso de um ser ainda tão pequenino no corpo, tão puro, tão ainda por viver… Mas, infelizmente, muito sofrem as crianças de nosso triste mundo. São muitas vezes mal recebidas pelos pais, mal orientadas pelos professores que encontram, mal amparadas pelo poder público, embora eu tenha a certeza de que não são esquecidas, nem um segundo, por Deus.

O que seria de nós se não houvesse por perto uma criança? Com seu sorriso confiante, com sua entrega sem reservas, com seu compromisso com o tempo presente? Com a pureza da sinceridade, com a coragem de a tudo descobrir, de tudo questionar?

Apesar de todas as crises que vivemos na atualidade, a Vida ainda confia em nós, pois as crianças estão chegando… lindas, doces, choronas, famintas, cheias de energia nova, nos relembrando dos sonhos, das esperanças que ficaram quase perdidas nas estradas que trilhamos, nos mostrando que se pode recomeçar, renascer, apesar de tudo.

O que estamos fazendo com as nossas crianças? Como as estamos recebendo? Quais os estímulos que lhes estamos dando? Com que rosto estamos lhes olhando? O que estamos lhes ensinando? Que sociedade organizamos para lhes acolher?

Quando lembramos da criança que fomos, quais são as nossas recordações mais queridas? O carinho da vovó, o colo da mãe, a surpresa que o pai nos fez um dia, as preces ensinadas na hora de dormir, o cheirinho do café da man
ã ao acordarmos, os livros encapados no primeiro dia de aula - amor, atenção, atitudes…

E as marcas? E as tristes lembranças, muitas delas aparentemente esquecidas? As palmadas, os castigos dados injustamente, as cenas de violência presenciadas? Tudo isso num mundo ainda sem televisão, onde havia sempre um dos pais por perto para amparar, para dar carinho.

E hoje, como é? "Onde estão papai e mamãe que não chegam? Estou com sono, estou triste, estou me sentindo só… fico assistindo os programas de televisão, mas o que vejo é tudo tão feio, tão assustador. Não me faz feliz o que me mostram. O mundo me parece muito complicado e eu tenho medo. Como vou sobreviver tendo que me defender de tudo e de todos? É assim, sempre?"

Onde está Deus, hoje, na vida da grande maioria das pessoas? Nos lares, nas escolas, nas empresas? Onde estão o Amor, a compreensão, a compaixão? A paciência, a persistência, a sabedoria de ouvir o próprio ser, o silêncio?

As crianças estão chegando, estão se formando e serão o mundo, futuramente. O que estamos fazendo para lhes ajudar a confiar em si mesmas? A ouvir a própria consciência como guia?

Vamos nos lembrar de tratar a criança com respeito, com amor, pois ela está agora aprendendo a ser o homem de amanhã - com todo o seu potencial de construir, ou de destruir…

Comentários:
Deixe aqui seu comentário sobre este materia:
Nome:
Comentário:
CAPTCHA Image   Reload Image
Digite as letras abaixo:

WhatsApp: (11) 991916085
Política de Privacidade
Busca Google