Whats: (11) 9 9191 6085

VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / De Autoajuda / A Noite Escura da Alma
O Escuro da noite

Matéria: A Noite Escura da Alma

Autor - Fonte: Fanny Menezes

Quando entras na Noite Escura da Alma, o caos, o desespero, a aflição, os medos existênciais, nos forçam a mudar nossa vida dramaticamente.

No desenrolar de nossa existência, somos envolvidos de tal forma pelas atividades do dia-a-dia, costumes, pensamentos, crenças e podemos não perceber os sinais que o Universo nos manda, informando a necessidade de mudança em nossas vidas, ou de diminuirmos um pouco a marcha para recuperarmos o impulso.

A NEA é um estado de inconsciência profunda que é tão e únicamente a identificação total com o sofrimento, digo daquele sofrimento que nos deixa paralisados diante de algumas situações e nos sentimos sem saída parecendo que nosso mundo desabou. Sentimos a perda de nossa conexão com a Energia Cósmica e com o Universo.

Sentimo-nos sós, abandonados, ninguém pode nos compreender, sentimos medo da vida e da morte, sentimos incertezas, conflitos, preocupações, perdas e medo.

Nesse ponto passamos por uma reavaliação de nossos hábitos, costumes e crenças. Pode haver um sentimento de abandono, parece que não temos mais escapatória, nos sentimos condenados, punidos, muitas vezes até injustiçados. Não entendemos porque o fato está acontecendo justamente conosco. O cenário mostra-se caótico, nos sentimos perdidos, confusos, sozinhos e incompreendidos. Pode-se até perder a fé e o desejo de viver.

A NEA pode ser desencadeada por várias situações da vida: Doenças, traições, abandonos, perdas, ac dentes e outros fatores. Pode levar meses, anos, para se resolver e cicatrizar as feridas.

A pessoa é colocada em confronto com sua velha maneira de agir e das possibilidades novas, seu sentido de alienação se intensifica. A pessoa sente que faria qualquer coisa para sair desse estado, contudo é somente o ego que o está mantendo nele, não sabe o que fazer, para onde fugir.

Os amigos vêm para dar apoio, mas ficamos cientes de que eles não são capazes de sentir ou saber o que estamos atravessando.

A pessoa começa a levar a noite escura a sério. Quando se sente encalhada completamente, não acha sua espiritualidade. Sente-se separado de Deus e dos homens. Sozinho, e não desejando ser. Se sente incapaz mesmo de expressar-se a outros, incorpora a meia-noite e a intensidade do sofrimento.

A pessoa olha seus livros para ver se acha algo que o alente, faz pesquisas, contudo não é um livro, um pensamento, que vai resolver seus questionamentos profundos onde a aflição habita.

Olha suas posses, seu dinheiro e percebe que nenhuma coisa material pode ajudar-lhe. Nada, ninguém, no mundo exterior permitiu-o de sair desta noite escura. Em sua solidão observa que nenhum de seus pensamentos provou estar adequado ao seu sofrimento. Deus parece distante, afastado, ou talvez irreal. Nada aparece para facilitar ou remover sua agonia. Nada parece eficiente. Não há nada para ser feito. Não há nada a pensar, sentir, fazer, nenhum lugar para ir. Parece que tem que aceitar esta derrota, ou persistir em esforçar-se, e enxergar outras opções. Então, aceita seu estado. Como começou neste lugar. Isso é insignificante.

Os nossos quatro corpos (emocional, físico, mental, e espiritual) podem passar pela Noite Escura da Alma- NEA.

Durante uma crise da NEA, o indivíduo pode ter toda a combinação ou todos os seguintes sintomas:

• Sentimentos de depressão, desespero, isolamento.
• Perda da energia.
• Cansaço crônico não ligado a uma desordem física.
• Perda do controle sobre seu sentido pessoal e/ou profissional na vida.
• Sensibilidade incomum a fatores ambientais como exemplo: Incomodo pelos cheiros, ruídos, alimentos e sentido de estética, (objetos que não estão no lugar).
• Raiva, frustração, falta da paciência.
• Perda da identidade, da finalidade, e do sentido da vida.
• Retirada das rotinas diárias da vida.
• Sentimentos de loucura e de insanidade.
• Um sentido de abandono por Deus.
• Sentimentos de inadequação.
• Perda de atenção, da confiança, da auto-estima.

A NEA pode fortalecer nosso estado de consciência, (nosso supremo estado de consciência) nossa verdadeira natureza.Isso mesmo!

Essa natureza guerreira que é parte de nosso espírito. Ás vezes a necessidade de parar um pouco é um sinal que o Universo está nos enviando, e é parte da natureza guerreira que há em cada um estar atento aos sinais, pois se desapegar de uma situação é sinal de tremenda coragem também.

Todos nós temos coragem, e podemos conquistar o real em nós, pois se estiveres verdadeiramente triste, até mesmo essa tristeza pode enriquecê-lo e perceberás as dualidades da vida, com suas infinitas possibilidades, e a pequenez e fragilidade do ego, sempre circundado pelo medo da morte.

A NEA pode nos aproximar mais das pessoas queridas, que nos oferecem apoio e evocam nossa fé na vida. Aqueles que passam por ela desenvolvem um poder pessoal, coragem ...

Ir para a página:


WhatsApp: (11) 9 9191 6085
Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google