Whats: (11) 9 9191 6085

VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Matérias: / Motivacional / Acreditar em si mesmo: na prática!
Acreditar em si mesmo

Matéria: Acreditar em si mesmo: na prática!

Autor - Fonte: Caio Cesar Santos


Recentemente assisti o filme Mãos Talentosas (Gifted Hands) que narra a biografia do médico considerado, atualmente, o melhor Neurocirurgião Pediátrico do mundo: Dr. Ben Carson. Mediante uma árdua experiência de vida ele teve sabedoria para fazer escolhas alinhadas com seu crescimento pessoal, profissional e espiritual.

Ben era o pior aluno de sua escola e alvo da gozação de todos. Com sua força de vontade e com a sábia da intuição de sua mãe, que não aprendeu a ler e só estudou até a 3a. série primária, ele venceu todos os desafios de sua juventude para se tornar, além de um especialista mundialmente reconhecido, um ser humano que financia os estudos de jovens com excelência no desempenho acadêmico e que prestam serviços para suas respectivas comunidades.

Em uma das entrevistas Dr. Carson fala que se apaixonou pela neurocirurgia por considerar o cérebro um verdadeiro mistério: "Hoje eu sei que posso enfrentar qualquer desafio com o poder da mente. Ao abrir o crânio das pessoas para fazer as cirurgias não há diferenças do cérebro de uma pessoa rica, pobre, negra, branca, indígena, das Américas, Europa, Ásia ou África. Tudo depende de nossa vontade! Nós temos o poder de lidar com qualquer circunstância exterior (família, condição social, etc.) e enfrentar qualquer desafio com o poder de nossa consciência".

Em nossas vidas lidamos com isto, basicamente, por dois caminhos: um é "na marra", enfrentando os desafios e percal os da vida nos apoiando nas pessoas a nossa volta e na fé que algo divino vai nos ajudar. O outro caminho é procurar técnicas que nos ajudem a desenvolver habilidades para dominar a vontade, colocar a atenção em nossas metas e aprender a usar a energia de nossa fé e de nossas crenças sobre trabalho, família, nossas habilidades, relacionamentos, prosperidade etc. a nosso favor e não de forma sabotadora. Qualquer limitação ou qualquer solução está dentro de cada um de nós!

Não quer dizer que não enfrentaremos desafios e marés agitadas, mas teremos ferramentas e habilidades para embasar nossas decisões para fazer nossas escolhas.

Seguindo este raciocínio e utilizando as técnicas do despertar da consciência tem ficado cada vez mais claro que precisamos alterar a estrutura do nosso modelo de aprendizagem. Um caminho viável seria sensibilizar os formadores de opinião para que eles experimentem estes conceitos na prática e, se assim decidirem, possam iniciar um processo de aperfeiçoamento de nosso modelo educacional. Seria um tipo de aprendizagem integrada, com nosso desenvolvimento espiritual presente em todas as etapas. Uma primeira proposta para compartilhar percepções poderia ser ilustrada da seguinte forma:



Trazendo este assunto para nosso "universo pessoal", enquanto modelos deste tipo não se tornam uma realidade, podemos nos permitir a seguir esta jornada: identificar onde estamos na escala e seguir rumo ao autoconhecimento.

Parafraseando nosso querido Chico Xavier: "Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim".

Recebi uma mensagem sensacional do blog TinyBuddha que diz o seguinte:

"Não julgue cada dia pelo que você está colhendo, mas pelas sementes que você está plantando." - Robert Louis Stevenson

Você provavelmente não vai terminar o dia hoje atingindo todas as suas metas, mas isso não significa que você não seguindo em direção aos seus sonhos. Se você está fazendo algo proativo para se tornar quem você quer ser, você teve um dia de sucesso!

Que sementes você pode plantar hoje?



Forte abraço e ótima semana!


WhatsApp: (11) 9 9191 6085
Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google