Whats: (11) 9 9191 6085
Você está em: Página inicial / Matérias: / De Autoajuda / AVENTURAS DE UMA ALMA
AVENTURAS DE UMA ALMA

Matéria: AVENTURAS DE UMA ALMA

Autor - Fonte: Carmem Calmon Lacerda

Sempre houve dentro de mim uma ânsia moderada por um lugar ao sol espiritual.

Moderada por sempre ter tiido a espiritualidade bem definida em minha vida mas a ânsia vinha das cobranças externas.

Mesmo tendo a fagulha divina pulsante dentro de meu ser, me sentia excluída de sociedades religiosas, POR OPÇÃO MINHA, por ser questionadora, por ter uma família espírita de várias linhas- o que na adolescência me deixava confusa- Kardecismo de um lado e candomblé de outro, uma tia- mãe da Fraternidade Branca, outra tia psicografa e duas primas: médicas e médiuns...

Aos 12 anos tive minha primeira experiência de visão que me foi bloqueada pela minha mãe que me falou claramente: Não conte estas coisas, pois dizem que é coisa de louco ou possuído.

Eu nem sabia o que era um "possuído", mas a resposta logo veio em forma de filme: foi a época de O EXORCISTA, POLTERGEIST e outros filmes do gênero. Filmes sobrenaturais eram o chamtivo nos cinemas. Nossa, fiquei mais preocupada... assustada, acho que define melhor

Me senti doente, diferente e me exclui mais, até os 18 anos quando a tia espiritualista que já frequentou e estudou varias vertentes, me chamou "para um papo sério".

Me disse que eu não seria penalizada por não desenvolver minha mediunidade, após explicar que eu era médium e o que era ser uma médium.

Deixou sempre muito claro que isso não me fazia melhor nem pior que ninguém e me afirmando que ela acreditava, 31 anos atr s, que todos somos médiuns e devemos fazer o bem ao outro bastando amar e cuidar

Afinal, disse ela, nada que Deus cria inclui castigos ou penalidades. Estas, nós mesmos nos incutimos por um óbvio senso de certo e errado. Me pediu para eu parar com o medo pois ele paralisa a ação.

É recente e minha descoberta de um caminho a trilhar, e não as viagens interiores que fazia e continuarei fazendo. Meu templo é meu corpo que habita em minha casa.

Esta é meu refúgio: cuidado, limpo e abençoado todo tempo para a segurança e felicidade próspera de meus filhos e de minha família.


"FREQUENTO PORQUE DESEJO E ME DEIXA FELIZ E NÃO PORQUE EU PRECISO.
DOAR É UM VERBO QUE CONJUGO SEMPRE E ALI TENHO A OPORTUNIDADE DE FAZÊ-LO
TUDO ACONTECE EM UNÍSSONO COM O MOMENTO E
ME SURPREENDO, AINDA, COM A ACOLHIDA, O DESAPEGO E
PRINCIPALMENTE COM INSIGHTS QUE FICAM CADA DIA MAIS FORTES.
CANTO, DANÇO E ME ENCANTO."

Então, essa MINHA ALMA AVENTUREIRA está descansando no momento, curtindo esta oportunidade de estar em um centro de cultos de umbanda, dedicado a curas e bem fazer.

... e a estes seres iluminados que me acolhem sem perguntas, sem dogmas e sem promessas ou ameaças, eu dedico este artigo e declaro algo que aprendi e se aplica aqui: esta não é minha religião, é a expressão de minha espiritualidade.


"A religião alimenta a mente;
a espiritualidade a alma!! ...
A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.

A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de União.
A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.


A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros.


A religião se alimenta do medo.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.


A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz Viver na Consciência.


A religião se ocupa com fazer.
A espiritualidade se ocupa com Ser


A religião alimenta o ego.
A espiritualide nos faz Transcender.


A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.


A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação."recebida de Dafne, colega querida.


KRIKA


WhatsApp: (11) 9 9191 6085
Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google