Whats: (11) 9 9191 6085

VÍDEO: POR QUE NOS PARECE QUE NADA DA CERTO

Você está em: Página inicial / Vídeos / De Autoajuda / Eckhart Tolle - O sentido da consciência humana

Vídeo: Eckhart Tolle - O sentido da consciência humana

. Isso é o que está subjacente e isso pode acontecer pouco antes da morte. Essa ficção se dissolve e subtamente como um florecimento, essa enorme luz brilha, como se a flor acabasse de abrir...Qual o maior obstáculo para vivenciar essa realidade? Identificar-se com a mente, o que faz com que estejamos sempre pensando em alguma coisa. Ser incapaz de parar de pensar é uma aflição terrível, mas ninguém percebe porque quase todos nós sofremos disso e, então, consideramos uma coisa normal. O ruído mental incessante nos impede de encontrar a área de serenidade interior, que é inseparável do Ser. Isso faz com que a mente crie um falso eu interior que projeta uma sombra de medo e sofimento sobre nós. Examinaremos esses pontos detalhadamente, mais adiante. O filósofo Descartes acreditava ter alcançado a verdade mais fundamental quando proferiu sua conhecida máxima: “Penso, logo existo”. Cometeu, no entanto, um erro básico ao equiparar o pensar ao Ser e a identidade ao pensamento. O pensador compulsivo, ou seja, quase todas as pessoas, vive em um estado de aparente isolamento, em um mundo povoado de conflitos e problemas. Um mundo que reflete a fragmentação da mente em uma escala cada vez maior. A iluminação é um estado de plenitude, de estar “em unidade” e, portanto, em paz. Em unidade tanto com o universo quanto com o eu interior mais profundo, ou seja, o Ser. A iluminação é o fim não só do sofrimento e dos conflitos internos e externos permanentes, mas também da aterrorizante escravidão do pensamento. Que maravilhosa libertação! Se nos identificamos com a mente, criamos uma tela opaca de conceitos, rótulos, imagens, palavras,

WhatsApp: (11) 9 9191 6085
Política de Privacidade
Política de Cookie
Busca Google